No jogo Hair Nah mulher negra tenta viajar sem ter estranhos tocando seu cabelo

0
4758
Hair Nah: um jogo para negras cansadas de terem mãos estranhas no seu cabelo

Eles não se contentam em olhar. Querem comentar se dá trabalho para manter, como a gente lava.  Há muita gente sem noção com mania colocar a mão nos cabelos crespos, tranças e dreads, sem pedir autorização. Quando você menos percebe, a mão está lá, apertando, apalpando e a gente fica com aquela cara de poucos amigos e ele não se ligam.

E olha, isso é um fenômeno mundial. Inspirada nessa situação chatíssma, a Diretora de Arte e designer de jogos americana @MomoUhOh resolveu transformar seus momentos desagradáveis com mãos brancas no seu black em um jogo de vídeo game: o Hair Nah. No game ela aborda sobretudo suas experiências turísticas na vida real, onde deixou de viajar, desmotivada pelas constrangimentos em relação ao seu cabelo.

“Se você nunca teve uma pessoa estranha tocando seu cabelo, ou você é sortuda ou não é negra”, disse Momo a CNN.

É Hair Nah é bem simples. Você escolhe um entre os seis tons de pele (negra) da personagem Aeva , 12 tipos de cabelo afro e o destino da viagem, que incluem Cuba e Japão. A missão é “sobreviver” ao passeio evitando mãos brancas de tocaram no seu cabelo.

Quem sabe agora eles entendem.

 

 

Comments

Comentários