Nicole Karateca: Família protocola denúncia contra ataques sofridos pela adolescente nas redes sociais

0
1436
Nicole Cristina - Foto: Divulgação

A proteção de Nicole Cristina (conhecida nas redes sociais como Nicole Karateka) e da sua família motivou, nessa sexta-feira (21), a formalização da denúncia de crimes de ódio e injúria racial cometidos contra a adolescente de 15 anos, que atua como criadora de conteúdo nas redes sociais. Acompanhada e assessorada pela Dr. Fayda Belo, advogada criminalista, a família de Nicole foi à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, na cidade do Rio de Janeiro para formalizar a medida, que além de proteger, visa identificar e responsabilizar as pessoas por trás dos perfis que a atacam, nos últimos meses.

A mãe de Nicole, Ana Cristina, destaca a ação criminosa, lembrando que ela “é menor de idade, e isso podia ter destruído a autoestima dela e feito com que ela ficasse com depressão. Nicole não sofreu uma simples ofensa, ela sofreu injúria racial”. A advogada Fayda Belo, que está assessorando juridicamente a família, complementa: “Não podemos normalizar e nem ignorar condutas racistas como essas. Discriminar alguém pela cor da pele, pela fibra do cabelo, é crime, inclusive com chancela Constitucional. É necessário sempre dar uma resposta jurídica a atos assim, para que o racismo que já é tão gritante no Brasil não possa continuar se perpetuando”.

Vale ressaltar que a adolescente e sua família têm recebido a solidariedade de personalidades, artistas, marcas, e até instituições, como a Razões para Acreditar, responsável por uma campanha de arrecadação de fundos para permitir a aquisição de uma casa para a família. Com mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais, Nicole segue mudando sua vida para melhor com suas publicações sobre a família, receitas, cuidados familiares e com os animais. Aos 15 anos, Nicole ama karatê e pretende, em breve, voltar às aulas.

Roger Cipó, influenciador que assessora e dá suporte para Nicole, ao lado da youtuber Neggata, comenta: “Nós vamos trabalhar para que Nicole tenha segurança para produzir o que ela quiser. Uma adolescente talentosa como ela, precisa ser amparada e protegida. Meu apoio é nesse sentido. Foi assim que mobilizamos uma rede de suporte e também estamos em diálogos bem importantes com o próprio TikTok Brasil. A plataforma tem sido parceira e dado a devida atenção para o caso de Nicole”.

Finalmente, sobre a denúncia, a mãe de Nicole afirma o que deveria ser óbvio e não precisar ser repetido: “É um absurdo, em pleno século XXI existir esse tipo de racismo. Tem que ser dado um basta. Somos um povo livre”.

Comments