Nestas eleições, Brasil tem 49,3% de candidaturas negras

0
Nestas eleições, Brasil tem 49,3% de candidaturas negras
Foto: Dado Galdieri/Bloomberg

Nesta terça-feira (16) teve início, oficialmente, a campanha eleitoral de 2022. O diferencial para este ano é a alta proporção de pessoas negras concorrendo a cargos eletivos. Segundo dados parciais do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), das 26.398 candidaturas registradas, 49,3% são de pessoas negras e 49,1% de pessoas brancas. As candidaturas de mulheres representam 33,4% até agora.

Esses números representam os pedidos de registro de candidaturas apresentados ao TSE. Ainda não são números finais que considerem candidaturas deferidas e indeferidas. As solicitações para registro de candidatura terminaram na última segunda-feira (15).

Em dezembro de 2021, o TSE aprovou resolução que estabeleceu regras de distribuição dos recursos do fundo eleitoral que determina que os partidos precisam distribuir o dinheiro para financiamento de campanha de forma proporcional para candidaturas negras e brancas, levando em consideração o número de candidatos em cada partido.

Além disso, a partir deste ano os votos dados a candidatas mulheres ou a candidatos negros para a Câmara dos Deputados serão contados em dobro na definição dos valores do fundo partidário e do fundo eleitoral distribuídos aos partidos políticos. A medida será válida até 2030.

A população brasileira vai às urnas em 2 de outubro de 2022. O segundo turno das eleições será em 30 de outubro.

Com informações da Folhapress.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display