Negros famosos que investem em Bitcoin

0
189

Depois da valorização de 1300% do Bitcoin em 2017, hoje há mais investidores nessa moeda digital no Brasil do que na Bolsa de Valores. No início do ano, as corretoras que comercializam criptomoedas já tinham em seu cadastro mais de 1,4 milhão de CPFs. Esse número representa mais de duas vezes o número de pessoas físicas cadastradas na Bolsa de Valores e também o de investidores ativos do Tesouro Direto, uma das aplicações mais populares do país.

Bitcoin é considerada a primeira moeda digital mundial descentralizada, que permite transações financeiras sem intermediários. Assim, diferente de outras moedas que têm sempre um banco central por trás (como Euro, Dólar, Real, Libras), o Bitcoin é uma moeda de troca independente e tem o mesmo valor em transações de qualquer lugar do mundo.

O primeiro passo para utilizar Bitcoins é criar a sua carteira Bitcoin, cuja função básica é armazenar as moedas virtuais de forma que possam ser usadas no momento oportuno pelo proprietário.

Não importa a escala ou a razão, muitas estrelas da indústria do esporte e do entretenimento estão aos poucos dando sinais de confiança ao Bitcoin e outras moedas digitais e esperam que o ceticismo do mundo siga o seu exemplo. Entre eles, há muitas celebridades negras que já aderiram à moeda digital. Veja a seguir.

Mel B

Fonte: Mel B Official via Facebook

No Natal de 2013, a ex-Spice Girl e jurada do X Factor uniu-se à CloudHashing e foi a primeira representante da classe musical que aceitou que suas músicas fossem pagas com Bitcoin. “É emocionante como as novas tecnologias facilitam a nossa vida”, declarou. “O Bitcoin une os meus fãs ao redor do mundo, permitindo que todos paguem com a mesma moeda.”

Floyd Mayweather

Floyd é uma das primeiras celebridades a fechar acordo para divulgar uma criptomoeda. Sua imagem foi bastante utilizada quando estava se preparando para lutar contra Conor McGregor. O ex-boxeador trabalhou em diferentes projetos relacionados a ICOs, inclusive o de uma startup chamada Centra, que produz cartão de crédito para criptomoedas.

Nas

Fonte: foto de Nas by Mikamote via Wikicommons (CC BY-SA 3.0)

O rapper e compositor Nas, juntamente com seu empresário Aymen Anthony Saleh, são investidores em mais de 40 startups, incluindo a companhia de carteira digital Coinbase, e a 500 Startups, a incubadora do Vale do Silício que está acelerando as empresas Bitcoin. E eles estão apenas começando.

Richard Sherman

Em janeiro de 2014, o jogador do Seattle Seahawks (time de futebol americano), Richard Sherman, anunciou no Facebook que sua loja online oficial começaria a aceitar pagamentos em Bitcoin, chamando-a de “a moeda do futuro”. Segundo Sherman, a decisão baseou-se em apoiar as escolhas dos torcedores para negociar com um meio de pagamento mais recente — não muito diferente do PayPal ou dos cartões de crédito tradicionais.

50 Cent

Fonte: foto de 50 Cent by www.photosbyalyssa.com via Wikimedia (CC BY 2.0)

Em janeiro deste ano, o rapper 50 Cent confirmou que conquistou 8 milhões de dólares ao aceitar Bitcoins como forma de pagamento pelo seu álbum de 2014. O artista, também conhecido como Curtis Jackson, coletou naquele ano 700 Bitcoins o que, com a valorização da moeda digital, equivale hoje a algo entre 7 e 8,5 milhões de dólares. “Nada mal para um garoto do South Side”, afirmou o rapper. 

Esses exemplos demonstram que investir em criptmoedas é uma tendência que chegou para ficar.

Comments

Comentários