Monique Evelle lembra quando palestrou no Nubank sobre diversidade, mas nenhum líder assistiu

0
12641
As empresárias Monique Evelle e a Cristina Junqueira ( Foto: Instagram/ Reprodução TV Cultura)

A fala infeliz de Cristina Junqueira no Roda Viva da última segunda-feira, 19 de outubro ainda está repercutindo negativamente nas redes sociais. A sócia brasileira do banco digital disse que a contratação de negros no nível esperado por ela é difícil e que “não dá para nivelar por baixo”.

No Linkedin a jornalista e empresária Monique Evelle que recentemente também participou do Roda Viva entrevistando Luiza Trajano, do da rede Magazine Luiza,  deu um relato de uma experiência dentro do Nubank de quando foi convidada a palestrar.

“Em novembro de 2019, eu e mais alguns profissionais negros, falamos  sobre questões raciais na Nubank e pontuei a importância de ter líderes ouvindo e não apenas designers, analistas e afins. Mas infelizmente não tinham lideranças na plateia. A Cristina abriu o evento, mas por motivos que tenho desconhecimento, não ouviu nenhuma fala”, descreveu Monique que acredita que sócia do banco pensaria diferente se tivesse assistido sua palestra.

Evelle ainda destacou a inutilidade de programas de diversidade quando seus líderes não dão a importância merecida ao tema. “Se os CEOs, VPs e demais lideranças da empresa não se interessam pelo o assunto, ou colocam outras prioridades para resolver em um momento importante de reflexão e debates sobre pluralidade, não faz sentido nenhum ter comitês de diversidade”, finalizou a especialista em estratégia criativa.

Comments