Menina de 12 anos faz festa com a temática “Vidas Negras Importam” e homenageia personalidades negras

0
896
Foto: Arquivo Pessoal /Polyanna Brito

A piauiense Luma Brito comemorou os seus 12 anos com uma festa inspirada no movimento “Vidas Negras Importam” a decoração levava as cores preto, amarelo e o símbolo do movimento negro, no bolo haviam desenhos de mulheres negras com turbante.

Além de mostrar o orgulho pelo movimento, a adolescente decidiu homenagear também 4 personalidades negras, foram elas: O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, a ex-primeira-dama, Michelle Obama e a jogadora de futebol brasileira Marta.

Foto: Arquivo Pessoal /Polyanna Brito

Em conversa com o G1 Luma disse que a ideia da festa surgiu de uma necessidade de conscientização e de um dever de abordar o racismo.

“Como eu sou negra também, senti como se fosse um dever fazer essa festa para tentar conscientizar as pessoas. Comecei a pensar nesse tema na semana do meu aniversário. Acordei e me veio a inspiração”, disse Luma

A menina de apenas 12 anos, já sofreu com situações racistas fora do país, o pai de Luma Afrânio Luiz era jogador de futsal e devido a sua profissão precisou morar com a família na Rússia.

“Às vezes, as pessoas me viam e me perguntavam se meu cabelo era de verdade, queriam tocar em mim para saber se eu era de verdade. Eu chorava porque me sentia muito estranha, perguntava para Deus porque ele tinha me feito assim. Me achava feia”, lembrou a adolescente.

A mãe de Luma contou que o interesse da filha pelo tema veio das notícias durante as ondas de protestos que aconteceram ao redor do mundo. “Ela acompanhou mais, foi se interessando, se aceitando e resolveu fazer diferente. Hoje, minha filha gosta de ter o cabelo cacheado”, disse a mãe da adolescente. 

Os protestos do movimento “Vidas Negras Importam” fez com que Luma se visse de outra forma, e despertou na adolescente o orgulho de sua cor e seus traços.

Comments