Médico condenado pela morte de Michael Jackson sairá de prisão em três meses

2858
1788

Dr. Conrad Murray condenado a quatro anos pela morte de Michael Jackson, em 25 de junho de 2009 deixará a prisão onde cumpre a pena, em Los Angeles, em outubro, segundo informações do site Female First.

O médico terá a liberdade concedida antes de cumprir a metade da pena devido ao seu bom comportamento e à superlotação das cadeias norte-americanas. Murray foi condenado em outubro de 2011 por administrar erroneamente o anestésico Propofol no astro pop.

Porém, a família de Michael Jackson não está satisfeita com a decisão. Katherine, a mãe do cantor, disse: “isso não é certo, eu nunca verei meu filho novamente enquanto a mãe dele pode vê-lo”.

Comments