Mbira, instrumento originário da África Austral é homenageado pelo Google

0
1271

O doodle do Google homenageou o mbira nessa quinta-feira (21), o instrumento musical foi criado a mais de mil anos nas comunidades do país Zimbábue localizado no Sul da África. Contudo, com o imperialismo africano e dominação dos costumes da população pelos Europeus, o mbira adquiriu outros nomes em diversos países. No Brasil, por exemplo, ficou conhecido como kalimba ou quissange.

Os representantes da Google revelaram que o uso do instrumento no seu doodle foi para homenagear a Semana de Cultura do Zimbábue.

Jonathan Shneier, líder do projeto, relatou para o jornal The Gardian que ”o mais legal de trabalhar com esse doodle foi poder experimentar aprender com o povo Xona do Zimbábue. Antes desse projeto, eu não conhecia muito da história, mas a bondade e hospitalidade daquele povo, mudou a nossa vida em relação a muitas coisas.”

Mbira é feito com uma placa de madeira de aproximadamente 14 centímetros, acompanhada com hastes de metal de diferentes tamanhos que são tocadas com os dedos, sendo modificado, muitas vezes, com objetos entre os seus dentes de metal para produzir sons diferentes. Porém, na cultura original africana, o mbira era feito de materiais como madeira da palmeira de ráfia e bambu, sendo muito utilizado em cultos e celebrações. Com sons produzidos por causa da vibração, o artefato entra na família idiôfonica, sendo classificado como lamelofone.

A jornalista e escritora do site ”afreaka”, Flora Pereira, escreveu em seu site um lindo discurso sobre o instrumento musical afirmando que ”a mbira é um artefato espiritual, sendo utilizada como forma de comunicação com os antepassados na cultura tradicional africana. Tanto em cerimônias religiosas como em encontros sociais, o seu som é considerado sagrado, representando a conexão com os espíritos ancestrais através da música. Para enfatizar a propriedade espiritual, destaca-se ainda a sua característica de polirritmia (que ajuda no processo de transe): a mbira não costuma ser tocada sozinha, sendo sempre acompanhada por outros instrumentos. ”

Vários artefatos da cultura africana, que é tão rica e poderosa, muitas vezes, é usada por uma população que não a reconhece, quando um veículo de informação tão grande como o Google decide mostrar um pouco da origem desse continente, é valido mostrar os outros instrumentos vindos dos povos africanos que são muito usados no ocidente. Um deles são instrumentos tão populares como triângulo, ukalele, xilofone e o afoxé, por exemplo.

A origem e reflexão que esses instrumentos musicais trazem representam a cultura, origem e ancestralidade de diversos povos africanos que jamais poderam ser esquecidos.

Abaixo, segue a música tocado no mbira e apresentada pelo Google:

Comments