‘’Eu não tenho palavras para descrever o que estou sentindo, só sei que eu sou só felicidade com a caminhada do nosso filme. Ser premiada logo na minha estreia como diretora, em um projeto muito especial e particular pra mim, sou mãe solo e sei o quanto é difícil essa jornada, por isso, esse prêmio é para todas as mulheres que batalham por dias melhores. Estamos juntas!’’. A celebração é de Vaneza Oliveira que estreou na direção de cinema levando o prêmio de Melhor Filme pelo júri popular na IV Mostra de Cinema Negro do Mato Grosso.  A premiação é pelo curta ‘’Mãe não chora’’

Nova na direção, mas não na atuação, Vaneza, uma baiana radicada em São Paulo, ficou conhecida por sua atuação na série 3%, da Netflix, na qual a atriz interpreta Joana, uma das protagonistas da primeira série produzida no Brasil.

“Mãe não chora’’, no qual Vaneza atua como diretora e roteirista ao lado de Carol Rodrigues tem 20 minutos de duração onde mostra a história de Raquel, que trabalha na vara da família na defensoria pública, e tem que levar seu filho para o trabalho porque não consegue deixá-lo com o pai.

O curta-metragem ‘’Mãe não chora’’ teve sua estreia no 30o Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, em agosto, e agora será exibido no Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, que acontece de 30 de outubro a 6 de novembro.

Foto: Mylena Saza

Comments

Comentários