“Linda e preta”, de Nara Couto, é um hino à autoestima da mulher preta

0
220

Antes de lançar seu primeiro álbum – previsto para o segundo semestre e contemplado pelo Natura Musical – a cantora e compositora Nara Couto, um dos nomes mais reluzentes da nova cena baiana, disponibiliza hoje a faixa “Linda e preta”. Com produção de Ubunto o single é cheio de suingue e apresenta esta nova fase na carreira de Nara com versos certeiros, compostos por Jarbas Bittencourt.

“Linda e preta, da cor da noite da Bahia. Preta, o dia te anuncia. Linda e preta, você, você, você virá”, garante a primeira estrofe da canção. O lançamento faz parte do Festival Novíssimos Lab e chega pelo selo Alá, com distribuição da Altafonte. 

Esta música tem o sentimento de enaltecer, evidenciar e reverenciar a beleza da mulher negra, e a minha própria beleza. Meu desejo é que siga sendo a canção que mulheres como eu ouçam e sintam que ela foi feita especialmente para nós: mulheres lindas e pretas e todas e todos que admiram meu trabalho“, revela Nara. 

Ela traz na dança, nas artes visuais e na poesia, mais elementos para embasar a proposta artística de Nara. Suas apresentações são como bênção para corpo e para alma. E agora, depois de se tornar um dos principais expoentes da música contemporânea na Bahia, se prepara para uma temporada em São Paulo. 

Estou em um mergulho profundo em uma nova etapa, criando e produzindo arte que continua fiel à minha própria existência e cria novas texturas, cores e sonorização“, revela a cantora. 

Sem dúvidas, a faixa que chega hoje nas plataformas digitais é um belo cartão de visitas para esta fase de Nara Couto. E “Linda e preta” é de fato um hino à autoestima da mulher preta, cantado por uma voz cheia de talento, luz e com a força das águas.

Comments