Karol Conká e a neurociência – entenda as mensagens inconscientes nos looks da artista para gestão de crises

0
24983
Foto: Reprodução/Internet

Além da vitória de Juliette no Big Brother Brasil 21, um dos assuntos comentados foi a imagem e apresentação da rapper Karol Conká na final do programa. Aqui apresento algumas estratégias na mudança da imagem da rapper que tem relação com neurociência e mensagens inconscientes.

Antes de entrar na casa


Karol tinha uma imagem com cores mais fortes, acessórios de metal e couro: tudo isso para transmitir uma imagem de força e poder.

Seu cabelo possuía tranças com pontas: tudo que é pontudo na natureza, inconscientemente, machuca. Lembrem-se que na pré-história, o ser humano ia caçar e tudo que era pontudo, poderia simbolizar uma ameaça e machucar. Logo Karol queria trazer, com esse visual, uma mulher forte, cheia de atitude, uma “mamacita poderosa” e independente.

A música que ela cantava era “já que é pra tombar, tombei”, tendo total relação com sua imagem de rapper e força feminina.

Ao sair da casa:


Note que na natureza tudo que é arredondado e curvo, agradam nossos olhos. As montanhas, as flores: tudo que possui curvas, aproxima e remete ao que é agradável na natureza.

Seu novo cabelo cacheado traduz exatamente isso: inconscientemente, Karol quer trazer um visual de inocência e proximidade e os cachos propiciam essa abertura com o público.

Karol Conká tem a melhor estreia da sua carreira com single 'Dilúvio' |  Viver: Diario de Pernambuco



Além do mais, cores claras também trazem essa proximidade e doçura. Azul-claro reforça uma mensagem de confiança, honestidade e estabilidade que a Karol precisa transparecer nesse momento de crise. Note que a maquiagem também está mais leve e com tons mais neutros.

Essa mensagem em sua nova imagem tem total relação com sua nova música, denominada “Dilúvio”, que mostra uma mulher que se arrepende dos seus erros, disposta a evoluir.

Nota-se que Karol Conká e sua equipe estão suando a camisa para tentar gerir os riscos de sua carreira, usando estratégias de neurociência para isso. Enquanto isso, vamos aguardar os próximos capítulos dessa novela.

Por: Mariana Munis, professora de Marketing da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas.

Comments