A “Lista Forbes: 100 mulheres mais poderosas do mundo” de 2022, foi divulgada nesta terça-feira (6). A mulher negra mais poderosa de acordo com a revista, é a Kamala Harris, vice-presidente dos Estados Unidos, que ocupa a terceira posição da lista. Ela se tornou a primeira mulher negra a ser eleita a este cargo.

Em 2010, Harris também se tornou a primeira mulher e pessoa negra a ser procuradora-geral da Califórnia e, em 2016, Harris foi a primeira mulher de ascendência indígena a ser eleita para o Senado norte-americano.

Outras mulheres negras também ficaram em destaque na lista. Na posição 24 da lista aparece a super apresentadora Oprah Winfrey. Depois de 25 anos apresentando seu famoso programa de entrevistas, se tornou dona de um império de mídias e negócios. Segundo a Forbes, os lucros de seu programa, além daqueles de filmes como A Cor Púrpura e Selma, o qual foi coproduzido pela sua produtora Harpo Productions, somam mais de US$ 2 bilhões.

Rihanna e Beyoncé também aparecem na posição 73 e 80, respectivamente. A Riri já havia entrado na lista da Forbes de novos bilionários neste ano, sendo a única mulher com menos de 40 anos. A marca de lingerie Savage x Fenty, e principalmente, a linha de maquiagem Fenty Beauty, lhe garantiram um patrimônio de 1,7 bilhão (R$ 7,92 bilhões).

Já Beyoncé, tem feito história neste ano com o novo álbum “Renaissance“. Em novembro, ela conquistou nove novas indicações ao Grammy, chegando a um total de 88 e empatando com o marido Jay-Z o recorde de mais indicações na história da premiação. A turnê On The Run II, realizada em 2018 com o marido, arrecadou cerca de US$ 5 milhões (R$ 26,22 milhões) por noite, totalizando mais de US$ 250 milhões (R$ 1,3 bilhões).

Segundo a Forbes, algumas das que foram selecionadas foi de acordo com os critérios de dinheiro, mídia, impacto e esferas de influência.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments