Jussie Smollett, de Empire, é internado após ataque homofóbico e racista em Chicago

0
1354

O ator Jussie Smollett, da série Empire, exibida pela FOX, foi hospitalizado após sofrer um ataque homofóbico e racista em Chicago, na madrugada de terça-feira (29). Segundo o site TMZ, Jussie já tinha recebido algumas ameaças de morte.

O ataque aconteceu após o ator sair do hotel onde estava hospedado para comer um lanche. Aproximadamente as 2h da manhã, dois homens brancos, usando máscaras de ski o renderam. “Você que é o gay de Empire?“. Jussie tentou revidar, mas foi agredido e quebrou uma costela. Os homens tentaram enforcá-lo com um cordão enquanto jogavam alvejante em cima dele gritando: “Este é o país do Make America Great Again“, slogan do presidente Donald Trump.

Jussie foi internado, mas já liberado. A policia está investigando o crime motivado por homofobia. O ator recebeu cartas anônimas com ameaças de morte, segundo o site The Grape Juice. “Você vai morrer, negro viado“, diziam as cartas.

Vários artistas, através das redes sociais, declararam apoio a Jussie. “Isso mostra porque a comunidade LGBTQ continua a lutar para ser vista e protegida contra o ódio. Todos nós temos que tomar isso como algo pessoal. Estou junto com você, Jussie. Você é amado!“, disse a atriz Viola Davis.

Isso não é correto. É um resultado direto da cultura do ódio e intolerância que está novamente invadindo nosso país. Estou ao lado de Jussie e exijo justiça diante desse crime de ódio contra meu amigo, ativista, líder e uma pessoa boa“, pediu Shangela Laquifa Wadley, drag queen e uma das atrizes do longa “Nasce Uma Estrela“. Lena Waithe e a atriz Jada Pinkett Smith também se solidarizaram com o caso.

A mãe de Beyoncé, Tina Knowles, também comentou a situação. “Estou chocada e desesperada com isso! Se eu escutar mais alguma pessoa dizendo que essa administração não está encorajando os racistas, machistas e homofóbicos do país, eu vou gritar! Pessoas andando com bonés pró-Trump por aí e dizendo que coisas assim não tem nada a ver com isso. Acordem! Parem de se esconder atrás dessas merdas e digam a realidade!“.

O ator revelou ser gay em 2015, em entrevista à Ellen DeGeneres. “Eu nunca estive no armário, é importante que todos saibam quem sou eu“.

Comments