Jovem gênio de Camarões vence Google Code-in uns dos principais eventos de programação do mundo

0
2954
Nji gênio auto-didata que mudou para casa dos primos para usar a Internet e venceu competição internacional

Nji Collins Gbah, um jovem estudante de 17 anos, vivia em Bamenda e aprendeu a programar computadores sozinho, fato impressionante por si só, mas que se tornou uma história digna de filme. Dois anos após adquirir conhecimentos de programação de forma auto-ditada, ele foi  o vencedor do Google Code-in 2016, uma das principais competições de programação do mundo.

O curioso é que o jovem que foi o primeiro africano (ele é de Camarões)  a ganhar o concurso, não tinha Internet em casa e teve que se mudar para casa dos primos  onde ele estudava por meio de livros online.

Usando seus conhecimentos, Nji entrou no concurso, levando uma semana para fazer seu primeiro trabalho para a competição. Ao fim das inscrições do Google Code-in 2016, o estudante já havia entregado 20 trabalhos, em todas as cinco categorias do evento.

Nji Collins Gbah é o primeiro africano a conseguir o Grande Prêmio na competição

Depois do cortes ao acesso à Internet, ocorrido por desavenças entre as regiões norte e sul da República de Camarões, toda a região está sem acesso a rede de computadores desde 17 de janeiro.

Foi pouco depois disso que Nji recebeu as boas notícias: ele foi um dos 34 ganhadores do Grande Prêmio do concurso da Google. A recompensa por tudo isso? Cada um deles vai passar quatro dias na sede da Google, no Vale do Silício, em junho deste ano.

“Fiquei muito, muito surpreso. Isso queria dizer que todo o trabalho que tive escrevendo um monte de códigos realmente valeu a pena”, contou ele ao jornal BBC.

Quanto à ideia de ir morar com seus parentes na capital do país? A resposta, obviamente, era ter acesso à internet – afinal, convenhamos que um programador sem isso não tende a ir muito longe. “Eu queria ter uma conexão para poder continuar estudando e fazer contato com a Google”, contou ele.

Atualmente, Nji está dedicado a melhorar seus conhecimentos de inteligência artificial, redes neurais e deep learning – um ramo do machine learning (aprendizado de máquinas) que busca criar algoritmos para que máquinas aprendam com seus erros e façam melhores previsões de seus dados.

Trabalhar no Google é obviamente um dos seus sonhos de Nji. Levando-se em conta sua inteligencia e capacidade de superação, esse menino vai longe.

 

 

Comments

comments