John Boyega se junta ao protesto: “É doloroso ser lembrado todos os dias que sua raça não significa nada”

0
1210
O ator John Boyega em Londres (Foto: Metro/UK)

John Boyega, astro de Guerras Nas Estrelas, é uma das celebridades negras da nova geração que mais se posicionam contra o racismo.

Nessa quarta, 3 de junho, ele se juntou aos milhares de ingleses que marcharam pedindo justiça e o fim de mortes de pessoas negras inocentes, vítimas da brutalidade policial.

No Hyde Park, em Londres,  o ator caminhou com o povo, mas também pegou o megafone e fez um discurso . Boyega chorou ao falar da tragédia que tirou a vida de George Floyd e tantos outros.

“Somos uma representação física de nosso apoio à George Floyd. Somos uma representação física do nosso apoio à Sandra Bland. Somos uma representação física do nosso apoio à Trayvon Martin. Somos uma representação física do nosso apoio à Stephen Lawrence”, disse emocionado.

O ator John Boyega em Londres (Foto: Metro/UK)

‘Hoje é sobre pessoas inocentes que estavam no meio do processo, não sabemos o que George Floyd poderia ter conseguido, não sabemos o que Sandra Bland poderia ter conseguido, mas hoje vamos garantir que isso não ocorra mais”.

Ele continuou, usando um megafone:“ Todo negro aqui se lembra de quando outro te lembrava que você era negro”.

Imagem
O ator John Boyega em Londres (Foto: Metro/UK)

O ator de Star Wars complementou: “Preciso que vocês entendam o quão doloroso é esse merda. Eu preciso que você entendam o quão doloroso é ser lembrado todos os dias que sua raça não significa nada”.

O ator acrescentou que era importante “manter o controle desse momento” e torná-lo o mais “pacífico e organizado possível”:

“Como eles querem que a gente estrague tudo, eles querem que fiquemos desorganizados, mas não hoje”, enfatizou Boyega

Comments