“Honrando a potência que somos”, diz Rodrigo França ganhador do 8º Prêmio Botequim Cultural

0
618

Na noite de quarta-feira (12) no Teatro Firjan Sesi, no Centro do Rio de Janeiro, foi realizada a oitava edição do Prêmio Botequim Cultural de Teatro. Com um total de 23 categorias divididas em três segmentos.

Com um elenco negro o espetáculo ‘A Cor Púrpura – O Musical’ foi um dos grandes premiados da noite seguido de Rodrigo França que levou o prêmio especial pela direção do espetáculo ‘Oboró – Masculinidades negras’, “esse prêmio é para toda uma equipe do espetáculo Oboró – masculinidades negras que trabalha pensando em um coletivo, onde o foco é o nosso povo preto que se materializa como público“, disse Rodrigo França que tem uma longa caminhada como ator, também é roteirista, filosofo, cientista social e é claro diretor.

Dentre muitos problemas apresentados pela peça estão a hipersexualização do corpo negro, a busca pela perfeição em troca de um lugar ao sol e os riscos de habitar uma pele preta. “Sou a continuidade de muitas e muitos que lutaram e lutam para que estejamos em cena honrando a potência que somos“, completou, Rodrigo.

Confira os premidos de ‘A Cor Púrpura – O Musical’

Alan Rocha – ator coadjuvante de musical

Flávia Santana – atriz coadjuvante de musical

Letícia Soares – Melhor atriz

Alan, Rocha, Letícia Soares, Flávia Santana e Rodrigo França na noite da premiação

Comments