“George Floyd se matou”, diz defesa do policial acusado

0
1196
Foto: /Francois Lenoir/REUTERS

Nesta sexta-feira (11) ocorreu a audiência pré julgamento do assassinato de George Floyd, o procurador do condado de Hennepin -que havia dito que não existiam provas suficientes para acusar criminalmente o policial que matou Floyd- foi expulso da audiência pelo Juiz que alegou a apresentação de um processo “desleixado”.

Os advogados de defesa dos acusados pelo assassinato de George apresentaram uma defesa que o culpava, e usaram a ficha criminal por drogas de Floyd como justificativa para a sua morte. 

Em declaração ao “Los Angeles Times” no último dia 20 Earl já havia feito a afirmação que culpava Floyd.

“Nenhum desses caras — mesmo Chauvin — realmente o matou”, disse Gray. “Ele ( Floyd ) se matou”.

Em entrevista para CNN o advogado Earl Gray afirmou que Floyd poderia ter morrido a qualquer momento de overdose e indo contra os resultados das autópsias que alegaram asfixia, ele disse que Floyd deve ter morrido tanto pela quantidade de medicamentos em seu organismo seguido das sequelas de Covid-19 de que estava recém-recuperado e possíveis problemas do coração.

“Sr. Floyd era, como os oficiais suspeitavam, um viciado ”, escreveu Earl Gray pedindo que as acusações fossem retiradas contra um dos policiais. “Ele era pior do que isso.”

“O Sr. Floyd teve uma overdose de Fentanyl. Dado seu nível de intoxicação, respirar teria sido difícil, na melhor das hipóteses. A falha intencional do Sr. Floyd em obedecer ordens, juntamente com sua overdose, contribuíram para sua própria morte.” continuou Earl”

No entanto, o juiz descreveu o processo como “desleixado” e o procurador do condado de Hennepin,e sua equipe foram “desqualificados” para processar o caso.

A família de George que estava presente também se manifestou sobre a tentativa da defesa dos assassinos de incriminar e tentar manchar a imagem de Floyd. “Assistir à morte do nosso irmão em vídeo foi a experiência mais dolorosa de nossas vidas. Mas ouvir aqueles que defendem esses oficiais culpá-lo por sua própria morte foi como uma faca no coração ”, desabafou o irmão de George Floyd, Philonise Floyd em um comunicado no final da audiência. “Isso mostra até que ponto o sistema de justiça trabalha para proteger as autoridades às nossas custas.”

“A única overdose que matou George Floyd foi uma overdose de força excessiva e racismo dos policias de Minneapolis (…) Essa declaração contribui com a narrativa negativa que é usada continuamente contra os homens negros que morrem nas mãos da polícia e mais tarde são assassinados uma segunda vez quando o enredo oficial destrói seu personagem depois que eles morrem.” disse Ben Crump, advogado da família de Floyd sobre o levantamento de fake news contra a imagem dele.


Do lado de fora dezenas de manifestantes aguardavam o fim da audiência com bandeira, cartazes e gritavam “Black lives matter”

Comments