O Fundo Baobá , por meio do Programa de Aceleração do Desenvolvimento de Lideranças Negras Femininas: Marielle Franco fará o investimento em 120 mulheres líderes negras e 20 grupos, coletivos, movimentos e organizações lideradas por mulheres negras no prazo de 5 anos.

“Conseguir construir ferramentas e instrumentos para que mais mulheres negras ocupem espaços de poder, inspirando e atuando em diversos espaços, para construir uma sociedade antirracista, mais justa e que promova justiça social e justiça racial”, afirmou Selma Moreira,  diretora-executiva do Fundo Baobá, ao jornal Bom doa Brasil, da Rede Globo. 

O investimento se dará por meio de apoio financeiro e institucional para organizações da sociedade civil, grupos e coletivos liderados por mulheres negras.

“Das mulheres negras apoiadas pelo Programa espera-se que a busca pela equidade racial seja primazia em todo e qualquer lugar que venham ocupar, sendo o Programa não um formador, mas sim um otimizador na aceleração do desenvolvimento e ampliação de suas capacidades. Em suas comunidades, organizações, coletivos, grupos, movimentos e instituições, estas mulheres já lideram. Nosso esforço é para e que elas possam ir além”, destaca Fernanda Lopes, Diretora de Programa do Fundo Baobá.

Em parceria, o Instituto IbirapitangaFord Foundation  e Open Society Foundation doaram o total de recursos financeiros  que correspondem a U$ 3,000,000,00 para a realização do Programa Marielle Franco de Aceleração do Desenvolvimento de Lideranças Femininas Negras. Este recurso foi potencializado em função da nossa parceria estabelecida com a W.K. Kellogg Foundation, que prevê a obtenção de contrapartidas para recursos arrecadados pelo Fundo Baobá, onde haverá contrapartida conhecida como matchfunding(3 para 1 em caso de doações nacionais e 2 para 1 em caso de doações internacionais). Neste caso a alavancagem total foi de U$ 7.000,00, sendo que, 50% ou seja U$ 3,500,000, serão aplicados no desenvolvimento do Programa e operacionalização institucional e  a outra metade dos recursos doados pela W.K. Kellogg Foundation que correspondem a U$ 3,500,000, irão compor o fundo patrimonial da instituição, visando a formação de um mecanismo financeiro que gere sustentabilidade em médio e longo prazos.

Interessou? Mais informações clicando aqui. 

Comments

Comentários