Falcão e o Soldado Invernal: nem o super-herói escapa das problemáticas da negritude

0
899
Anthony Mackie (Falcão) com sua irmã Sarah (Adepero Oduye) - Foto; Reprodução Disney

(Contém Spoilers ) – Mesmo você tendo salvo todo o seu país, você continua sendo um homem negro.  Está é a minha sensação após assistir o primeiro episódio de Falcão e o Soldado Invernal que chegou na Disney + na última sexta, 19, após o grande sucesso de WandaVision.

A história é baseada nos personagens da Marvel Comics Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/Soldado Invernal (Sebastian Stan) e ambientada no Universo Cinematográfico Marvel, dando continuidade aos filmes da franquia .

Sam Wilson (o Falcão) trabalha atualmente em um conjunto com a Força Aérea dos Estados Unidos em algumas missões especiais.A série também faz questão de lembrar que o Falcão foi um dos “blipados”, já que sua irmã cita algumas vezes que teve que se virar com os filhos nos cinco anos em que ele “esteve fora” (quem acompanha a história vai lembrar do temido estalo de dedos de Thanos).

E é exatamente neste ponto que me fez refletir que não importa o que você faz, será sempre um homem negro.

Sam Wilson e sua irmã, que herdaram um barco dos pais que eram pescadores e peixeiros, estão “apertados” sem dinheiro para pagar as contas e alimentar os sobrinhos do Falcão que ficaram órfãs de pai. Eles então decidem tentar um empréstimo no banco da cidade.

Durante o atendimento no primeiro banco, o gerente reconhece o Falcão, fica muito entusiasmado, mas o enche de questionamentos sobre sua renda: “como os vingadores sobrevivem?”, “não existe pagamento?”, entre outros ignorando o fato de que o homem negro a sua frente, salvou todo o planeta. Inconveniente, o gerente ainda quer tietar o herói e um momento que geralmente é tenso para quem precisa de dinheiro para coisas básicas.

Quando Wilson relembra o motivo da física e enfatiza o potencial do negócio dele com sua irmã o gerente então dá a má notícia: “infelizmente não podemos atender a sua solicitação”. A irmã, que já desconfiava que o crédito seria negado, se sente humilhada e decide voltar para casa.

Não tem como não racializar essas questões, mesmo dentro de um cenário fictício como o da Marvel, porém em Wakanda seria diferente.

Edição: Silvia Nascimento

Comments