Exposição em NY tem mulher negra brasileira e acadêmica como protagonista

0
1092
Amanda Martins estudante de direito que será uma das homenageadas por Sandra em NY.

Sandra Regina Barbosa Soares Coleman, mais conhecida como Sandra Coleman, é uma mulher negra, brasileira e mestranda na Universidade de New York, New Paltz. Filha de lavadeira, ela trabalha desde os 8 anos para ajudar em casa. Hoje Sandra não só vibra com suas conquistas, como com as de muitas negras brasileiras que estão estudando, se formando e fazendo parte da produção de conhecimento.

Para exaltar essas mulheres negras, brasileiras e acadêmicas, mostrar que elas existem, Sandra criou a exposição “Black Brazilian Women: Presence and Power” (Mulher Negra Brasileira: Presença e Poder). A ideia e expor , na Universidade New Paltz, biografias de 52 mulheres negras brasileiras de diversas áreas de atuação, evidenciando sua inteligência, lutas e vitórias.

Entre as 52 mulheres que compõe a exposição está Amanda Martins, mulher negra, periférica, nascida em São João de Meriti na Baixada Fluminense. Hoje Amanda é graduanda em direito, além de atuar como escritora, produtora de conteúdo e pesquisadora.

Para a futura advogada, essa oportunidade é muito especial, e ela explica porque: “Ter minha biografia em uma exposição internacional, minhas origens e feitos mostrados ao mundo, sendo reconhecida pelo meu intelecto, me deixa honrada e feliz. Além disto, é uma oportunidade de poder compartilhar essa experiência com outras mulheres ao voltar.”

Neste momento Amanda corre contra o tempo para conseguir os recursos necessários para estar em New York. As despesas incluem o passaporte, visto, passagem e hospedagem. “Black Brazilian Women: Presence and Power” acontece em dezembro, por isso a data limite fixada para ajudar financeiramente é o dia 15 de novembro.

Dados para a colaboração: Banco Itaú / Agência: 8097/Conta corrente: 12998-8 – Amanda Martins Cruz de Mattos. Saiba mais clicando AQUI.

Comments

comments