“Eu tenho sofrido racismo em todas as minhas lives”, diz Thelma Assis, vencedora do BBB20

0
36698

Revoltante! Para quem acha que racismo acaba quando negros acendem socialmente, vejam esse caso. Na noite de terça, 26, a jornalista Luanda Vieira da revista Glamour, recebeu a médica e vencedora do BBB20 Thelma Assis para uma live no perfil da revista no Instagram.

Luanda, que também é negra, estava conversando com Thelminha sobre questões raciais, quando a ex-BBB20 teve que fazer uma pausa na resposta para alertar para uma grande quantidade de comentários racistas que apareciam nos comentários e pedir para que as pessoas denunciassem.

“Antes de responder sua pergunta gostaria de pedir para as pessoas que estão nos assistindo para denunciarem os comentários racistas. A gente está aqui falando de racismo estrutural e ainda tem gente que tem coragem de colocar comentários racistas numa live tão importante como a nossa”, disse a médica que ainda acrescentou “Isso tem acontecido em todas as minhas lives e mostra que vivemos num país infelizmente racista e isso se pronuncia em todos os sentidos, seja nas redes sociais, seja de forma velada, seja de forma explícita e o que a gente tem que fazer é isso, denunciar”.

Em uma live com o outro ex-BBB, o ator e produtor Rodrigo França , ambos sofreram ataques racistas.

As mulheres negras são as maiores vítimas de crime de ódio na Internet. De acordo com uma reportagem da Agência Brasil, um estudo  feito entre 2012 e 2016 pelo pesquisador brasileiro e PHD em Sociologia Luiz Valério na Universidade de Southampton, na Inglaterra, mostrou que 81% das vítimas de discurso depreciativo nas redes sociais são mulheres negras entre 20 e 35 anos.

Após a Live , Thelma se posicionou com uma postagem:

Imagem

Estamos com você Thelminha!

 

Comments