Dra Jaqueline Goes fala sobre representatividade e semelhanças com Milena da Turma da Mônica

0
1859

Recentemente, a Turma da Mônica anunciou seu mais último lançamento, a boneca Milena. Nos quadrinhos, a personagem é filha de uma veterinária, por isso, ama e protege os bichinhos. Milena é uma garotinha muito esperta, com cabelos crespos e pele escura, sendo a primeira protagonista negra da Turma da Mônica.

Muitas crianças dos anos 90 – e até hoje – cresceram lendo as histórias da turminha mais conhecida do bairro do limoreiro, mas apenas em 2017 foi anunciada que teria um personagem protagonista e negra nos quadrinhos. Uma dessas crianças, foi a Dra. Jaqueline Goes, biomédica e pesquisadora brasileira que mapeou os primeiros genomas do novo Coronavírus no Brasil, que ao saber que Milena se transformaria em boneca, falou um pouco sobre a importância disso para as crianças pretas.

“A minha infância, mesmo, foi permeada pelas histórias do Mauricio de Souza e minha identificação com a Mônica ficava por conta dos apelidos, já que eu era muito dentuça [ainda sou, um pouco]. Mas o vínculo parava por aí.” Começou ela, afirmando sobre a Milena, “Parece ter sido feita sob encomenda para mim. Sua cor, a textura de seu cabelo e até a curvatura dos cachos são iguaizinhas às minhas.”

Personagem Milena da Turma da Mônica


“Eu sei que falando assim, parece bobagem, mas só quem cresceu em mundo com quase nenhuma referência sabe o significado de uma boneca como essa nas prateleiras dos supermercados. Que esse movimento se expanda cada vez mais, ao ponto de não ser mais novidade em nossa sociedade. Até lá, sigamos apontando e parabenizando essas iniciativas!” Completou a cientista

A ideia de Mauricio de Sousa é dar ainda mais protagonismo para Milena, e não que seja simplesmente mais uma personagem do elenco. Nas redes sociais, os posts nos veículos originais da turma com imagens da menininha têm gerado boa repercussão, inclusive com pais reagindo positivamente e respondendo com imagens das filhas se reconhecendo nos traços de Milena, mostrando o quanto se faz importante a representatividade para essas crianças.  


“A Milena e sua família, passaram a integrar a turma muito tempo depois, e confesso que só a descobri no ano passado, quando o Projeto Donas da Rua, me prestou homenagem, justamente, sendo representada com as características da Milena… Ainda no ano passado, quando a homenagem foi veiculada nos meios de comunicação, amigas me relataram que daquela forma ficava mais fácil explicar para suas filhas, o que fazia uma cientista.” Finalizou Jaqueline.

Comments