“Desafios dos homens negros na educação brasileira” é tema de Roda de Conversa promovida pela AfroeducAÇÃO

0
901

Com o proposito de mostrar diversos pontos de vista, a partir de um tema que não é comum no universo negro, a masculinidade, a AfroeducAÇÃO convida a todos para uma roda de conversa formada só por homens negros (cisgêneros e transgêneros), tendo como fio condutor a perspectiva da educação. A atividade será realizada no sábado (21), a partir das 15h, na Casa do Baixo Augusta, em São Paulo.

Para compor a mesa, irão contar com a presença do ativista, poeta, ator e cantor Jairo Pereira, além de Marcos Felinto e Viny Rodrigues, ambos do Coletivo Sistema Negro e Teodoro Martins, ativista e homens trans. A mediação será feita pelo ativista gay e produtor cultural, Marcelo Morais.

Segundo organizadores, “trazer este tema para o debate foi um objetivo da AfroeducAÇÃO de propor o levantamento de uma questão um tanto fora da curva“, já que muito se fala sobre feminilidade, feminismo e sobre a urgência de se equiparar a realidade de existência das mulheres à de homens na sociedade machista que vivemos.

Os homens negros também enfrentam uma série de dificuldades para existir no Brasil, defronte a conflitos de preconceito racial e até embates com algumas feministas, mesmo quando se colocam como aliados. Isso, sem falar nos homens trans, que se deparam com barreiras colossais para serem entendidos e respeitados como tal no convívio contemporâneo“, explicam.

Este ano, a AfroeducAÇÃO completa 10 anos trabalhando no esforço pela equidade racial no Brasil, através do estímulo à aplicação da Lei 10.639/03, se colocando igualmente ativa na tentativa de trazer olhares distintos dentro de tantos universos a serem abraçados pela luta negra.

Para saber mais sobre o evento e sobre a AfroeducAÇÃO, acesse o site e também a página no facebook.

Comments