Daniel Kaluuya está cansado de responder perguntas sobre racismo “Por que estão perguntando para mim?”

0
2544
Axelle / FilmMagic / Getty Images

Hoje, 24 de fevereiro é aniversário do ator Daniel Kaluuya. O ator está aparecendo em vários veículos por conta da promoção do seu novo filme Judas e o Messias Negro que estreia nos cinemas brasileiros, nessa quinta-feira, 25.

Durante uma entrevista para o podcast do Val Lathan e Rachel Lindsay, o protagonista de “Corra” falou de como ele se irrita quando repórteres brancos o indagam sobre racismo. Val perguntou a Kaluuya, que já havia dado entrevistas dizendo se incomodar quando pessoas só o questionam sobre racismo, se seu trabalho interpretando Fred Hampton em seu novo filme, mudou o seu modo de pensar.

“Uma vez me perguntaram por que pessoas não gostam de negros, sendo que eu amo ser negro e isso viralizou”, disse Daniel que complementou “para mim negritude e racismo, não são sinônimos. Quando pessoas brancas me perguntam ‘Como é possível vencer o racismo?’ eu respondo ‘Por que você está perguntando isso para mim?'”. Daniel explicou dizendo que as pessoas nunca deveriam perguntar para as vítimas o motivo de um crime. Para ilustrar ele contou uma história de uma mulher que foi roubada e depois questionada pela polícia o motivo do roubo.

“Por que o racismo acontece? Cara, eu cheguei nesse jogo em 89 ( ano de nascimento) , você acha que eu tenho a resposta?”, disse Daniel ao simular ser entrevistado por uma pessoa branca.

Confira o trailer de Judas e o Messias Negro que conta a história Fred Hampton, líder do Pantera Negra em Illinois que teve seu promissor futuro interrompido por seu assassinato. Antes da morte do ativista, um dos seus aliados William O’Neal (LaKeith Stanfield) se torna informante do FBI. Lakeith e Daniel já trabalharam juntos em Corra.

Comments