Crianças negras: cuidados com a pele e o cabelo

0
2434

A Dra. Katleen Conceição não é somente uma dermatologista negra, especializada em pele negra que tem como clientes as divas Taís Araújo, Valéria Valenssa e Preta Gil. A médica gaúcha usa as redes sociais para difundir conceitos sobre cuidado com a pele negra, mas também ganha admiradores por suas mensagens positivas sobre negritude.

Dra. Katleen e sua filha Maria Eduarda
Dra. Katleen e sua filha Maria Eduarda (Foto/Arquivo pessoal)

Por Silvia Nascimento
Fotos: Instagram

Em casa não poderia ser diferente, pela conta da médica do Instagram dá para ver que ela tem passado seus conhecimentos para sua filha Maria Eduarda, de 9 anos, que herdou o carisma da mamãe famosa e destila fofura em um vídeo onde ela aplica protetor solar sozinha com direito a massagem facial.

Como generosidade é uma das grandes características da Dra. Katleen, ela bateu um papo com a gente para falar sobre os cuidados com a pele e cabelo das crianças negras.

Por mais que o crespo natural tenha finalmente conquistado seu espaço, (sendo a opção mais saudável) muitas mães têm dificuldades em lidar com o volume e textura dos fios, que embaraçam mais e são mais ressecados e optam em fazer uma química no cabelo da criança. “O ideal é que a química seja feita a partir dos 7 anos, com a supervisão de um dermatologista”, explica a Dra. Katleen.

Dê preferência ao cabelo natural, mas se optar por química, espere até que a criança tenha 7 anos

 

Ainda sobre o cabelo, sabemos que infelizmente ainda há poucos produtos, como shampoos, condicionadores e cremes de pentear destinados ao cabelo crespo infantil e a dermatologista afirma que à princípio, qualquer produto pode ser usado, mas deve-se atentar a necessidade específica de cada cabelo, já que alguns são mais crespos, outros vão para o cacheado, além das diferenças de volume.

 Pele negra infantil

Mesmo com pele escura a criança deve usar protetor solar diariamente (Foto/Google Images)
Mesmo com pele escura a criança deve usar protetor solar diariamente (Foto/Google Images)

 

Quando falamos de crescimento infantil não podemos ignorar a importância da vitamina D, fundamental para o fortalecimento dos ossos. Pessoas de pele negra tem maior carência dessa vitamina o que requer uma atenção especial. E a Dra. explica. “A pele negra, por ter maior quantidade de melanina, faz com que aja menor absorção da vitamina D. O ideal é realizar exames periódicos e ter acompanhamento médico”.

A pele escura não nos blinda contra os males do sol, que vão desde o ressecamento, descamação até o câncer de pele. “Crianças negra tem que usar filtro solar com o FPS 30, no mínimo. De preferência em loção, resistente a água e suor. O uso deve ser diário e a replicação feita a cada três horas”, finaliza Dra. Katleen.

A Dra. Katleen mantém um blog muito atualizado e repleto de dicas para a pele negra do homem e da mulher. Clique aqui para conferir.

Comments

Comentários