COVID 19: Sem shows, Ludmilla adianta 10 cachês para seus músicos

0
11222

A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira (25) em uma reunião entre Ludmilla e o seu empresário Alexandre Baptestini, as informações são da coluna Leo Dias, por conta da pandemia do coronavírus, a cantora pediu ao seu empresário, que adiantasse o valor referente a 10 cachês para os músicos da sua banda, com a intenção de que eles não passassem necessidade durante a crise.

“O escritório vai adiantar para gente 10 cachês, 5 referentes a março e 5 referentes a abril. Se no final de abril não houver nenhuma perspectiva de volta, a gente senta e negocia novamente. Isso pelo menos dá uma boa ajuda para gente. Até segunda-feira a gente deve receber esse valor”, afirmou Douglas Oliveira, produtor da cantora.

Leia também: Ludmilla é a única mulher a fazer parte de playlist de pagode do Spotify

Essa é a primeira iniciativa no mundo do funk num momento que os escritórios não sabem o que fazer com seus funcionários e, principalmente com colaboradores sem carteira assinada.

Comments