Conheça Nia DaCosta, primeira diretora negra da Marvel e responsável por ‘A Lenda de Candyman’

0
Conheça Nia DaCosta, primeira diretora negra da Marvel e responsável por ‘A Lenda de Candyman’

Essa semana chegou ao Brasil “A Lenda de Candyman”, continuação do original de 1992 e atrás das câmeras uma jovem diretora comanda a produção. Nia  DaCosta tem apenas 31 anos e já desponta como uma das recentes promessas da indústria do cinema.

Imagem: Rachel Murray/Getty Images)

Além de dirigir o terror sobrenatural produzido por Jordan Peele, Nia será a primeira mulher negra a dirigir   um filme da Marvel Studios. A norte-americana do Brooklyn (Nova York) será responsável por dar continuidade a história de “Capitã Marvel” (2019), filme previsto para estrear em 2022. Em tempos que pedem por inclusão e representatividade, é de importância tremenda que uma jovem cineasta preta chegue ao topo dento dos maiores estúdios da de Hollywood. 

DaCosta começou a ser reconhecida com o lançamento com o curta-metragem “Night And Day” e depois a produção do filme “Little Woods” (2018), filme com Tessa Thompson e Lily James sobre uma especialista em contrabandear remédios na fronteira dos Estados Unidos com o Canadá. Após deixar a vida criminosa para trás, ela decide buscar um emprego para começar uma vida nova, mas a morte de sua mãe a deixa como herança uma enorme dívida, forçando Ollie a fazer uma nova mudança de planos. Depois desses projetos bem recebidos pela crítica, Jordan Peele a chamou para trabalhar em “A Lenda de Candyman”.

Até o fechamento desta matéria, o filme sobre um assassino sobrenatural tinha 86% de aprovação no agregador de críticas Rotten Tomatoes e avaliação positiva também no IMDB.

Os caminhos de Nia Dacosta seguem promissores

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display