Cidade Negra se separa e deve surgir com nova formação após batalha judicial

0
Cidade Negra se separa e deve surgir com nova formação após batalha judicial
Foto: Divulgação

Após cinco anos da pausa de Cidade Negra, o vocalista Toni Garrido contou ao G1 que a banda continuará na ativa junto com o baixista Bino Farias em uma nova formação. O ex-baterista Lazão, ex- guitarrista Da Ghama e ex-vocalista Ras Bernardo estão com outro projeto chamado Originais Cidade.

Garrido está registrado como dono da marca Cidade Negra no Instituto Nacional da Propriedade Industrial. No INPI, consta apenas o nome dele, Antônio Bento da Silva Filho, mas o vocalista diz que Bino também tem direito ao uso do nome.

O perfil oficial do Cidade Negra no Instagram, com 250 mil seguidores, está fora do ar. “Existe uma questão judicial e estamos esperando semana que vem para pronunciar”, explica o Garrido.

No site do instituto, o único registro em vigor da marca Cidade Negra está em nome de Toni Garrido (Antônio Bento da Silva Filho). O pedido foi feito em dezembro de 2018 e concedido em novembro de 2019.

Em fevereiro de 2019, foi feito um pedido ao INPI para registrar a marca Cidade Negra em nome do guitarrista Da Ghama (Paulo Roberto da Rocha Gama). O pedido foi indeferido em janeiro de 2020 pelo INPI, pois a marca já estava registrada.

Fonte: G1*

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display