Caras e bocas frustram fãs com atuação de Viola Davis como Michelle Obama

0
Caras e bocas frustram fãs com atuação de Viola Davis como Michelle Obama
Foto: Reprodução.

O primeiro episódio da série The First Lady estreou na última segunda-feira (18) na Paramount+ e a expectativa para ver a interpretação que Viola Davis daria a Michelle Obama estava nas alturas. No entanto, a entrega não agradou nem à crítica, nem ao público em geral. O principal motivo do desagrado são as caras e bocas que Viola fez ao tentar ficar parecida com Michelle. As tentativas ficaram mais semelhantes a caricaturas e, em alguns momentos, chamam mais atenção do que o contexto geral e o diálogo das cenas.

As caras e bocas não ficaram só por conta de Viola, pelo menos no primeiro capítulo da série. Gillian Anderson também faz uns trejeitos com a boca na interpretação de Eleanor Roosevelt, numa atuação que não chega ao mesmo ponto de caricatura, mas também não chega a ser natural.

A série se dedica a contar as histórias de três primeiras-damas dos Estados Unidos em três momentos diferentes da história americana. Eleanor Roosevelt, vivida por Gillian Anderson, foi primeira-dama de 1933 a 1945. Michelle Pfeiffer intepreta Betty Ford, primeira-dama americana entre 1974 e 1977. Michelle Obama, primeira-dama entre 2009 e 2017, é interpretada por Viola Davis.

A vida das primeiras-damas para além da existência de seus maridos presidentes e a influência delas para a construção da carreira política deles é o tom do primeiro episódio, que mostra as disponibilidades delas em impor os limites até onde estão dispostas a ir para construir as carreiras dos companheiros.

As fragilidades dos homens no ambiente doméstico, a força que as mulheres empregam para levantá-los e os conflitos decorrentes de quando eles “chegam lá”, mas elas seguem em segundo plano parece ser um bom exemplo do ditado que diz que “por trás de um grande homem existe uma grande mulher”, e até que ponto elas estão dispostas a continuar “atrás” destes homens.

Uma interpretação exagerada ou fora da curva pode acontecer até para grandes atrizes do quilate de Viola, ganhadora do Oscar, do Emmy e do Tony Awards, as maiores premiações do cinema, televisão e teatro, respectivamente. Isso não desabona a carreira brilhante da atriz, mas é, sim, uma frustração para quem esperava uma interpretação bombástica quando o assunto é a união de dois grandes ícones de representatividade para mulheres negras, como Michelle e Viola.

O primeiro episódio da série está disponível na Paramount+ e pelo Amazon Prime Video.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display