“Cansei de livros sobre meninos brancos e seus cães”. Garota de 12 anos, faz da literatura negra infantil sua bandeira como ativista

0
37734
Foto: http://www.npr.org/

Somos muito preocupados com a vocação das crianças, mas muitos ignoram a veia empreendedora ou senso de oportunidade para criar algo novo, que muitas têm desde pequenas. No caso das crianças negras, a falta de representatividade na hora de se divertir, as fazem querer criar aquilo que elas sentem falta.

Marley Dias, na época com 11 anos era uma ávida leitora e estava entediada com os livros que ela lia na escola ou que encontrava nas lojas. De acordo com a jovem americana, a maioria era “sobre meninos brancos e seus cães”.

Ela então decidiu por conta própria mudar isso e lançou em 2015 a campanha #1000BlackGirlBooks (mil livros de garotas negras). Seu objetivo era coletar e doar 1.000 livros que tivessem garotas negras como personagem principal. Hoje, Dias tem mais de 9 mil livros acumulados.

Marleu Dias: “Cansei de não me ver nos livros” (Foto: Reprodução Instagram)

Para a revista  Forbes Women, a garota americana refletiu sobre como ela foi capaz de transformar sua frustração em um movimento poderoso.

“A frustração é combustível que pode levar ao desenvolvimento de uma ideia inovadora e útil”, disse a pequena sábia.

Em sua inúmeras entrevistas, ela destaca que livros com meninas negras como personagem principal, são para todas as crianças, visto que nem todas as garotas negras têm a mesma história.

Marley além de coletar e doar livros para comunidade, conversa com educadores, advogados, celebridades e legisladores sobre a importância da diversidade na literatura. Seu próximo passo agora é escrever seu próprio livro.

Dias quer coletar, distribuir e escrever seus próprios livros (Foto: Reprodução Instagram)

“Eu quero criar um espaço onde seja natural incluir meninas negras como eu e fazer delas as protagonistas das histórias”, finaliza a Dias.

Marley fez um site com o catálogo dos livros colecionados. As obras estão todas em Inglês. Para saber mais clique aqui.

Comments

comments