Autor lança livro sobre ancestralidade africana, com lucro revertido para ONG que acolhe haitianos e africanos no interior de SP

0
Autor lança livro sobre ancestralidade africana, com lucro revertido para ONG que acolhe haitianos e africanos no interior de SP
Imagem: divulgação

O professor, escritor e jornalista Josué Roupinha Jr. lançou, no dia 19 de maio, o livro intitulado “Lembra, Preto”, ilustrado pelo artista Fábio Vieira. Repleto de poemas e poesias que fazem um resgate à ancestralidade africana, o autor traz luz à importância da representatividade e do protagonismo do negro na sociedade valinhense.

Ao adquirir o livro, o leitor estará contribuindo com a Acovidas (Acolhimento Sem Fronteiras), visto que 50% do lucro obtido será revertido a essa ONG que acolhe haitianos, venezuelanos e africanos residentes em Valinhos (SP). No evento de lançamento, que contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Valinhos, também houve uma exposição de obras, que remetem à ancestralidade africana, do artista Anderson Vicentini.

Arte por Fabio Vieira

Idealizador e organizador da 1ª Marcha Zumbi dos Palmares em Valinhos (SP), Josué convidou a Doula, Educadora Perinatal e Mestra em Sociologia pela Unicamp,  Daniela Rosa, para escrever o prefácio da obra: “Neste livro, você recebe o convite para apreciar o que foi feito por tanta gente preta. Fecho os olhos, imagino que seja possível sentir o cheiro das ervas memoráveis que perfumam as palavras contidas em ‘Lembra, Preto?’. Pode-se até ouvir o burburinho e as palavras dessa gente grandiosa que pavimentou a estrada que percorro”, conta Daniela.

Capa do livro

O autor, que traz em sua obra a facilidade de leitura, com textos curtos e profundos — muitas vezes perturbadores — sobre a vivência do negro na cidade de Valinhos (SP), acredita que isso possa democratizar o acesso a uma história muitas vezes negligenciada por muitos anos. “Eu optei por escrever um livro que, como disse a Daniela no prefácio, possa ser lido em um só fôlego. A ideia é que os poemas e poesias possam ser lidos como uma única história, que se mistura e se encontra na mesma linha de pensamento. Eu desejo que toda a população, independente da raça ou cor, leia e compreenda a mensagem que quero passar”, explica Josué.

“Lembra, Preto?” transforma, por exemplo, em poesia e arte a história do escravo Pio, que viveu em Valinhos (SP) e foi referenciado pelos jornais da época como um “mulato de cabelos corridos e quase preto, de altura regular e cheio de corpo, nariz afilado, tendo nas costas um sinal de queimadura” — sinal representado por Fábio Vieira como sendo mapa da cidade de Valinhos (SP).

Serviço:
O quê? Livro de poemas e poesias “Lembra, Preto?”, de autoria do jornalista e professor Josué Roupinha Junior; ilustrado pelo artista Fábio Vieira
Valor: R$ 29,90 + frete
Compras através do número: (19) 991912000
***Restam apenas 20 unidades do livro

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display