As mais lidas de 2019 #12 – Wakanda in Madureira: “O que a colonização separou, Wakanda quer juntar”

0
751

“Tudo nasce em um piquenique no Parque Madureira para unir as famílias negras e aí cresce, hoje é um festival. A ideia é: se a colonização separou nossas famílias, Wakanda quer juntar”. É dessa forma que professor de História e Filosofia Raymundo Jonathan define esse movimento que ele criou e organizou, o Wakanda In Madureira.

Ele explica que esse movimento que começou com o piquenique, hoje organiza muitas outras atividades com foco na cultura negra. “A gente organiza visitas guiadas pelo Rio de Janeiro com roteiros pretos. Tem oficina de carnaval que rola no Wakanda, numa parceria com o grupo Coração Batuqueiro”, detalha Johathan.

Em novembro está previsto um Papo com Griot, que se trata de um encontro com os mais velhos. “Me angustia esse vaco geracional”, finaliza Raymundo.

View this post on Instagram

Wakanda in Madureira é África em diáspora.

A post shared by WΔKΔNDΔ IN MΔDURΣIRΔ (@wakandainmadureira) on

Quem quiser saber mais sobre a programação do Wakanda in Madureira, vale a pena seguir suas redes sociais.

Facebook: https://www.facebook.com/wakandainmadureira/
Instagram: https://instagram.com/wakandainmadureira

 

Comments

Comentários

Artigo anteriorOscar 2020: Hair Love é indicado ao prêmio Melhor Curta Animado
Próximo artigoCynthia Erivo pode se tornar a mais jovem vencedora do EGOT (Emmy, Grammy, Oscar e Tony)
Tássia di Carvalho é graduada em Jornalismo e Publicidade e Propaganda, além de possuir MBA em Mídias Sociais e especialização em Marketing Digital e Cultura Contemporânea. Criou a Agência Is em junho de 2016, assim que saiu do Jornal O Dia, aonde era colunista e repórter. No periódico, ela cobria o lado positivo de favelas e periferias e percebeu um nicho em que poderia atuar, ajudando os pequenos projetos que inseria nas páginas da publicação. Em pouco tempo, viu que a demanda na área de comunicação era necessidade em diversas organizações do terceiro setor e de ações de impacto social. Em três anos, a Is já contabiliza mais de 35 clientes, desde os pequenos projetos que ela queria ajudar até grandes organizações de renome internacional como British Council, BrazilFoundation, Favela Mundo e FLUP. Palestrou em grandes eventos como TEDxPedra do Sal, MindTalk e BlackTalks.