Após divulgar nova prévia de Black Is King, Beyoncé explicou o significado do filme durante o programa Good Morning America

0
Após divulgar nova prévia de Black Is King, Beyoncé explicou o significado do filme durante o programa Good Morning America

Na madrugada desta quinta-feira (30), horário de Brasília, Beyoncé liberou mais uma prévia do seu novo álbum visual “Black Is King”. Já nesta manhã, a artista deu uma entrevista ao “Good Morning America”. Beyoncé foi breve e deu alguns detalhes do filme, que foi feito durante o tempo de um ano. “Eu trabalhei com diversos e muito talentosos diretores, atores, criadores do mundo inteiro para reimaginar a história do ‘Rei Leão’. A narrativa desdobra através de clipes musicais, moda, dança, belos cenários naturais e novos talentos. Mas tudo começou no meu quintal.”

Beyoncé espera que o filme mude a “perspectiva global da palavra negro”: “Foi realmente uma jornada para trazer o filme à vida. E minha esperança é que ele mude a perspectiva global da palavra ‘negro’, que sempre significou inspiração, amor, força e beleza para mim. Black Is King significa que negro é realeza, rico em história, propósito e linhagem. Espero que todos vocês gostem”, termina a artista.

Good Morning America é um programa de televisão matinal estadunidense transmitido diariamente pela rede televisiva ABC. O programa teve sua estreia em 3 de novembro de 1975, estando em exibição contínua desde então. Em 1993, ganhou sua versão alternativa, exibida aos fins de semana; Assista a entrevista completa de Beyoncé para o programa:

No novo trailer, vemos Blue Ivy, Naomi Campbell e diversos cenários e figurinos incríveis exaltando a cultura da população negra e as origens africanas ao som da faixa recém-lançada “Black Parade”; Confira:

https://www.instagram.com/p/CDPw-5qHiCb/

Em um comunicado enviado à imprensa, o projeto foi definido como “um livro de memórias celebrativo sobre a experiência negra no mundo”.
“Este filme é a história de gerações que informa e reconstrói o presente. A reunião de culturas e de compartilhamentos de crenças geracionais. Uma história de como as pessoas mais violadas tem um extraordinário e importante futuro”.

De acordo com a Variety, o álbum visual de Beyoncé reimagina lições de “O Rei Leão” para “jovens reis e rainhas de hoje em busca de suas próprias coroas”.

O filme estará disponível no Disney+. Apesar da plataforma estar disponível em lugares como EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e Europa, o projeto da cantora será transmitido em países da África. Visto que a obra “é uma afirmação da resiliência e da cultura negra, com visuais exuberantes”, a intenção da artista, de acordo com o Just Jared, é fazer com que o filme esteja disponível ao público de localidades que de alguma forma serviram de inspiração.

Para isso, foi firmado um acordo de distribuição entre a plataforma americana e empresas como o Canal+ Afrique e outros canais do grupo M-Net. Assim espectadores da África do Sul, Nigéria, Gana, Etiópia, Senegal, Namíbia, Camarões, Libéria, Burundi, Togo, Somália, Benin, Congo, Quênia, Costa do Marfim, Zimbábue, Malawi, Gabão e Cabo Verde terão acesso ao longa logo na data de estreia, no dia 31 de julho.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display