Após chamar Black Lives Matter de fraude e ofender editora da Vogue, Ye diz que os dois “se desculparam”

0
Após chamar Black Lives Matter de fraude e ofender editora da Vogue, Ye diz que os dois “se desculparam”
Foto: Reprodução.

O rapper Kanye West (Ye) acusou o movimento Black Lives Matter de ser uma fraude, em suas redes sociais. “Todo mundo sabe que o ‘Black Lives Matter’ é uma farsa. Agora acabou. De nada!”, escreveu em seu Instagram Stories. Ele apagou a postagem acusatória em seguida.

A postagem veio um dia depois de ter discursado com uma camiseta onde estava escrito “White Lives Matter” (Vidas Brancas Importam), na semana de Moda de Paris. Mas o absurdo não ficou por aí. Ele também insultou a editora da Vogue americana Gabriella Karefa, que estava presente no desfile e criticou a ação de Kanye.

“Incrivelmente irresponsável e perigoso ato de enviar uma camiseta ‘Vidas Brancas Importam’ em uma passarela. As camisetas que esse homem produziu e partilhou com o mundo são pura violência. Acho que se perguntasse ao Kanye, ele diria que havia arte, revolução, e todas as coisas naquela camiseta. Não há”, escreveu a editora. O ato também teve outras repercussões, como da ativista Tamika Mallory.

“Para deixar claro… A declaração “Vidas Br***as Importam é um ataque violento contra pessoas negras. Ela não exista até o mundo afirmar as pessoas negras ao dizer que Vidas Negras Importam. Essa declaração é uma tentativa de desculpa para o abate de pessoas negras”, finalizou.

Kanye então usou sua conta no Instagram para ofender Gabriella de forma pessoal, compartilhando uma foto dela com a seguinte legenda: “Isso não é uma pessoa da moda”. Ele ainda fez comentários maldosos sobre o par de botas que ela estava usando: “Eu sei que a Anna Wintour odeia essas botas”, ironizou o músico tentando desmoralizar o trabalho de Gabriella. Ele recebeu uma avalanche de críticas por ter feito bullying com Gabriella.

Após o ataque, a Vogue se pronunciou: “A Vogue está ao lado da Gabriella, nossa editora globval de moda. Ela foi pessoalmente transformada em alvo e vítima de bullying e isso é inaceitável. Agora mais do que nunca, vozes como a dela são necessárias e hoje, novamente, em uma reunão privada com Ye, ela falou sua verdade em seus termos, de forma como achou melhor.”

Ye voltou a se manifestar nas redes sociais, dizendo que ele teve uma conversa com Gabriella e que ambos pediram desculpas. “Nos desculpamos um com o outro pela forma que nos fizemos sentir. Ambos experimentamos a luta por aceitação em um mundo que não é nosso”, disse ele.

Reticente, por meio dos stories, Gabriella agradeceu o apoio e amor que tem recebido das pessoas. “Estou exausta, mas estou muito tocada e grata pelo derramamento de amor que eu recebi.”, iniciou ela. “Uma coisa sobre mim: eu sempre vou falar o que penso e tentar honrar minha verdade. Meus pensamentos são meus e eu os reafirmo”, concluiu.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display