Ajô: Lazzo Matumbi celebra 40 anos de carreira com lançamento de disco

0
330
Foto: Divulgação.

Os 40 anos de trajetória musical, artística e ativista de Lazzo Matumbi serão celebrados com o lançamento do nono disco da sua carreira, intitulado Àjò (lê-se Ajô). O álbum estará disponível em todas as principais plataformas digitais de streaming, no dia 30 de julho. No mesmo mês, será lançado um videoclipe, com direção de Urânia Munzanzu, da música 14 de Maio – composta em parceria com Jorge Portugal e que se tornou um dos hinos das comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra.

Àjò é uma palavra de origem yorubá cuja tradução para algumas etnias africanas significa “jornada”. No Brasil Àjò adquiriu um significado que é diferente da Nigéria, que para a comunidade negra e para a luta antirracista se traduziu como união. No repertório do disco, canções autorais inéditas e releituras de canções próprias, como uma nova roupagem para Djamila (Lazzo Matumbi/Ray César) – que em 1981 foi batizada com o título de Salve a Jamaica. E também a música 14 de maio que reflete as mazelas da abolição no Brasil. O disco conta ainda com as participações das cantoras Larissa Luz, Luedji Luna, do maestro Bira Marques e do rapper BNegão. A produção do projeto é da Giro Planejamento Cultural em parceria com a produtora Júlia Maia.

“Esse é um disco de resgate dos meus 40 anos de caminhada, onde trago as experiências vividas, reflexões e acolhimentos adquirido ao longo da minha trajetória. Através da minha ancestralidade chego aos dias de hoje agasalhado pela música com o mesmo carinho, respeito e tranquilidade para preparar um material livre das exigências mercadológicas”, diz Lazzo.

“Trago nesse disco, desde a primeira música, gravada no início da minha carreira, até as mais novas, inspirações construídas no leito do meu silêncio, a sós ou em parcerias com novos e antigos amigos, na intenção de retratar um pouco do sonhador preocupado na construção de um mundo melhor e mais justo para todos na busca incansável do respeito às diferenças, do amor e da paz, através das canções”, explica o artista.

De corpo e alma, o cantor e compositor Lazzo Matumbi vem se tecendo, ao longo de suas experiências e processos criativos, a partir de uma profusão de gêneros de matriz africana, como o samba, o reggae, ijexá, o soul e diversas outras sonoridades incorporadas à sua verve ancestral negra. A versatilidade do artista transita por muitos ritmos e estilos, que encontram na sua voz interpretações repletas de nuances, de improvisações e de muita emoção. São inúmeras camadas e facetas, ora romântica, ora questionadora, ora festiva, sem perder de vista a sua essência e visão de mundo.

Comments