Jornalista racista que atacou Ludmila ganha emprego no SBT

0
Jornalista racista que atacou Ludmila ganha emprego no SBT

Parece que racismo no Brasil dá emprego e não é para vítima. Um caso exemplar é o de Patrícia Moreira, torcedora do Grêmio envolvida em ato racista contra o goleiro Aranha, em 2014, que foi contratada pela Central Única das Favelas (CUFA), que entendeu que ela de certa forma, também era vítima.,  já que todo racista, de acordo com a nota do MV Bill é um ser mal educado.

O jornalista Marcos Paulo Ribeiro, conhecido como “Marcão do Povo” que chamou a cantora Ludmila de macaca, ao vivo, no seu então programa Balanço Geral (DF),da Record, não ficou nem dois meses desempregado.

De acordo com o site Meio e Mensagem, o SBT emitiu comunicado informando a contratação do apresentador, mas não especificou sua função no novo emprego.

No comunicado, Marcão diz que sempre sonhou trabalhar na emissora. “Cresci vendo o SBT, que é uma emissora com a cara da família brasileira, a cara do Brasil”.

Silvio Santos acaba de contratar um racista aumentando o repertório de comentários e atitudes ofensivas à comunidade negra. E há quem o ache um gênio midiático.

 

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments

No posts to display