O mini documentário ‘Vozes e Tons DOC’, criado pela Sony Music Brasil, com o objetivo de celebrar a cultura negra na música foi lançado integralmente no Youtube. Ao todo, oito episódios estão disponíveis ao público, de forma gratuita, no canal Filtr Brasil.

Dentro da produção,  Rebecca, Pretinho da Serrinha, Sandra Sá, Thalles Roberto, Alexandre Carlo, Talita Barreto e Rennan da Penha apresentaram pontos de vista sobre suas carreiras, sobre representatividade,  coletividade negra e empoderamento. Durante as primeiras semanas do ‘Vozes e Tons DOC’ mais de 4,2 milhões de visualizações foram geradas.

“Não vivo isso aqui à toa, é amor mesmo”, diz Rennan da Penha ao citar sua relação com o funk e a música. “Agora que a parada deu certo, que eu tenho força e expressão para poder me ajudar e ajudar a rapaziada que está comigo, que me deu suporte para trabalhar, não tem como parar, vou até o final”

O cantor, arranjador e compositor Pretinho da Serrinha também conta no minidocumentário sobre seus desejos artísticos e senhos para o futuro. “Meu sonho um dia é fazer um festival onde nós somos maioria”, diz o artista. “Um festival de música preta, de todos os gêneros, rock preto, samba preto, coisa grande, com maioria preta”.

Pretinho da Serrinha no ‘Vozes e Tons DOC’. Foto: Reprodução / Youtube.

Conectando artistas renomados e grandes personalidades do executivo brasileiro, o ‘Vozes & Tons DOC’ amplifica a missão de todos os convidados em celebrar a cultura negra e transformar suas trajetórias em potentes inspirações. 

“Já que no mundo de capitalismo, valores são dados, esse valor da representatividade tem preço e não é pouco. Existe uma dívida. Então a gente vai cobrar”, diz Egnalda Côrtes (Fundadora e CEO da Côrtes e Cia – 1° Agência de Creators Negros Latam) no episódio ‘Além da Voz’. “Essa pessoa negra que estará com você em qualquer setor ela traz uma história, traz um conteúdo que não é só o conteúdo que ela viveu. Nós temos uma energia do coletivo”.

Egnalda Côrtes no ‘Vozes e Tons DOC’. Foto: Reprodução / Youtube.

A produção trouxe ainda depoimentos de outros executivos da indústria criativa como Thiago Miranda (Produtor Artístico), Tiago Villas Boas (Label Marketing na Som Livre), Naila Agostinho (Account Manager Deezer e Amazon Music na Sony Music), Wellington Mendes (CFO do Instituto Identidades do Brasil) e Bianca Nonato (Label Marketingl na Sony Music).

Iniciado em outubro de 2021, o Vozes & Tons conta, também, com as webséries Vozes & Tons Inspiram e Vozes & Tons Ocupam, que potencializam a riqueza dos diferentes estilos musicais e estampam artistas negros que são referências da música. Impulsionando tendências, a cultura negra contribui não apenas para música, mas também para a moda, beleza e inúmeros outros mercados. 

Esse é um conteúdo pago por meio de uma parceria entre a Sony Brasil e site Mundo Negro.

Participe de nosso grupo no Telegram

Receba notícias quentinhas do site pelo nosso Telegram, clique no
botão abaixo para acessar as novidades.

Comments